FANDOM


Irmã Jude
 
→→| }}
Asylum8
Interpretado por
Jessica Lange
Primeira Aparição
{{{primeiro}}}
Última Aparição
{{{último}}}
Espécie
Humana
Ocupação
Freira (antigamente) • Diretora da Mansão Briarcliff (antigamente) • Cantora de boate (antigamente)
Causa da Morte
Aceitou o beijo da morte de Shachath após sucumbir a uma doença natural (09/1971)
Relações
Timothy Howard (antigo interesse amoroso, inimigo)

Arthur Arden (inimigo)

O Demônio (inimigo, algoz)

Irmã Mary Eunice (aprendiz, algoz)

Família Walker (família "adotiva")

Lana Winters (aminimiga)

Madre Superiora Claudia (amiga, mentora)

Pepper (amiga)

Frank McCann (aprendiz)

Shachath (salvadora)
Parentes
{{{parentes}}}
Aparições
{{{aparições}}}
Irmã Jude (nascida Judy Martin) é uma personagem da série American Horror Story Asylum. Responsável por Briarcliff, ela comanda o hospital com braços de ferro, porém suas histórias pré vida católica voltam para assombrá-la.


Antecendentes Editar

Nascida Judy Martin, Irmã Jude já foi uma promíscua cantora de boate. Diz-se que o alcoolismo é comum em sua família. Ela envolveu-se em um acidente de carro enquanto embriagada que feriu uma menina e foi outro incidente de dirigir embriagada que a trouxe, literalmente, para a porta da Igreja Católica. Também é mencionado que, antes desses eventos, seu noivo fugiu antes que pudessem se casar.

Irmã Jude foi nomeada em homenagem a São Judas, o apóstolo. São Judas é o Santo Patrono das Causas Perdidas.

Personalidade e Aparência Editar

Ela acredita que a doença mental é a explicação que está na moda para o pecado. Ela se dedica à administração de Briarcliff, na esperança de torná-la uma instituição modelo e para expiar os pecados do passado. Embora severa em relação aos seus subordinados e aos que estão sob seus cuidados, ela é notavelmente modesta na presença do Monsenhor Timothy Howard, o chefe da instituição, com quem ela fantasia. Ela tem uma capacidade para compaixão, como mostrado por seu tratamento da Irmã Mary Eunice e de um sofrente Jed Potter. Ela se ressente do Dr. Arden, tanto pela rejeição de sua fé quanto pela liberdade que lhe é permitida fora de seu campo de ação.

Jude era uma mulher bonita, com cabelos loiros e olhos castanhos. Durante o tempo em que era freira, Jude usava o hábito religioso católico tradicional, sob o qual ela usava uma lingerie vermelha - refletindo sua natureza reprimida.

Curiosidade Editar

  • Mais uma vez Jessica Lange brilhou em American Horror Story interpretando Jude.
  • Apesar de tudo, no final Jude aceitou o beijo de Shachath.
  • Tem um grande amor pelo Monsenhor.
  • No último episódio Jude possivelmente sofreu influência dos extraterrestres.
  • Desolveve uma forte amizade de Kit Walker, diferentemente do início da relação dos dois.
  • Após sua internação seu nome passa a ser Betty Drake.

Galeria Editar